a primavera ganha sempre! / by Rita Pinheiro

Está um tempo maldito. Não pára de chover e quando pára, recomeça pouco depois. Este inverno tem sido chato-chato-chato (que falta de paciência!). Mas ela não tarda!

No outro dia encontrei estes bolbos que ficaram esquecidos entre a desarrumação em que ainda está o terraço. É fabuloso ver a natureza em toda a sua força. Sem nada ter feito, sem o mínimo cuidado, as flores romperam. No meio deste inverno, que parece interminável, alegrou-me a ideia e que ela ganha sempre!

(Entretanto, porque ainda sabe tão bem a lã quentinha a passar entre os dedos, vou tricotando)

(translation)