wip- o começo / by Rita Pinheiro

Nem sempre começa assim, muitas coisas não chegam a ver o papel passam directamente para o suporte final, mas cada vez mais gosto de pelo menos apontar as ideias para não me esquecer de nada importante, até porque, pode passar muito tempo para serem postas em prática e raramente o são pela ordem em que penso nelas. É muito bom ter cadernos e cadernos com gatafunhos, desenhos, apontamentos, coisas de que muitas vezes já me esqueci e que ao vê-las de novo voltam a fazer sentido. São os meus backups de segurança para ideias

(Translater)